Navigation Menu+

Caminhos comoventes: Concretismo, neoconcretismo e arte contemporânea no Brasil

Otavio Leonidio

texto_obras_em_geral

 

Resumo

O artigo problematiza os nexos existentes entre modernismo, concretismo, neoconcretismo e arte contemporânea no Brasil, abordados aqui a partir da análise de uma obra específica – a performance Symbebeko, da artista Juliana Notari, ocorrida em março de 2011 no vão-livre do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro/MAM.
Defende-se a tese de que, em contraste com narrativas mais ou menos canônicas, a passagem do moderno ao contemporâneo é marcada, no Brasil, por compromissos e contradições inusitadas e por vezes surpreendentes.

Baixar Texto completo